ESPECIAL DE FIM DE ANO - 2008 - EVITE E ROBERTO

quarta-feira, 1 de junho de 2011

AUDI  R8 SPYDER
AERO REI   AVIAO BOMBARDIER  2010
TRICICLO AMARELO 2009
JAGUAR E,TYPE 1968

LANDAU LIMUSINE 1980

LIMUSINE 1980

CADILAK 1960

CADILAK 1960

OS CARROS DO REI

 IMPALA 1961

CALHAMBEK

CALHAMBEK

Roberto Carlos é tema de exposição na Oca

Você pode não gostar do estilo, achar as letras melosas e as rosas vermelhas que ele atira à plateia, desnecessárias. Roberto Carlos pode até ser a representação máxima de um clichê, mas confesse, existe ao menos uma música dele que você sabe cantar.


Com cinco décadas de carreira recém-completadas, o artista mais popular do Brasil ganha uma exposição totalmente dedicada à sua obra a partir desta sexta (5), na Oca do parque do Ibirapuera. Em cartaz até 9 de maio, Roberto Carlos - 50 Anos de Música revisita a trajetória do cantor desde a assinatura de seu primeiro contrato profissional, em 1959.A mostra, dividida em temas que fazem parte da vida do Rei, traz um grande acervo de fotos, sua discografia completa digitalizada e cenas dos três filmes dos quais foi protagonista (Roberto Carlos em Ritmo de Aventura, Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa e Roberto Carlos a 300km Por Hora), além de documentários de Carlos Nader sobre a jovem guarda, programa exibido pela Record em 1965, e sobre a parceria e a amizade com Erasmo Carlos.
Uma brincadeira de palavras cruzadas com frases tiradas das composições, um karaokê e um espaço dedicado a vídeos, depoimentos e simulações digitais também divertem o público. Excepcionalmente nesta segunda-feira (8), quando é celebrado o Dia Internacional da Mulher, a exposição ficará aberta para visitação.

BIOGRAFIA ROBERTO CARLOS

Michael Jackson é o rei do pop, Elvis o Rei do Rock, e Roberto Carlos é o rei da música latina". - Richard Sender, Presidente Sony Music International, abril 2010.


Com 50 anos de carreira, mais de 100 milhões de discos vendidos em todo o mundo, Roberto Carlos é o artista número um do Brasil e por que não dizer também da América Latina. Cantor e compositor de mais de 500 músicas, ídolo da juventude e maior expoente de um movimento denominado Jovem Guarda na década de 60, encontrou sua identidade nas canções românticas e consolidou o sucesso na década de 70.

Sem se apegar a modismos, traçou seu rumo e por ele segue deixando um rastro de canções que falam de amor, solidariedade e confiança no amanhã. A natureza foi tema importante e em 1976, muito antes da ecologia entrar na ordem do dia de todos os povos e continentes, compôs "O Progresso", hino de preservação à natureza. Outros alertas em forma de canção se seguiram tendo como temas a caça predatória (As baleias), a exploração dos recursos naturais (Amazônia) e a poluição (No ano passado).
Entretanto a sua grande inspiração é o amor. Desde a inocência e juventude demonstrada nas canções dos anos 60, passando por amores conturbados e o despertar da sensualidade na década de 70, até amores intensos, arrebatadores e nem sempre felizes, cantados nos anos 80 e finalmente a descoberta do verdadeiro amor, do amor maduro, equilibrado e ainda assim cheio de paixão presente nas canções das décadas de 90 e começo de 2000. Roberto Carlos é o primeiro e único artista no Brasil a gravar 1 disco por ano, durante toda a sua carreira, na maioria destes anos ele gravou um 2º disco em versão espanhol, e em outras oportunidades em inglês, francês e italiano.


Há 35 anos consecutivos realiza um especial para a Rede Globo de Televisão que é exibido no final de ano em todo o país, com retransmissões para outros países através da Globo Internacional. Roberto Carlos cantou para o Papa João Paulo II em 1997 e com o tenor Luciano Pavarotti num concerto para mais de 50 mil pessoas
A CARREIRA


Roberto Carlos nasceu em Cachoeiro do Itapemirim, uma cidade no estado do Espírito Santo e começou a cantar na rádio aos 9 anos. Na juventude sua família mudou-se para o Rio de Janeiro, onde ele formou com amigos de escola o conjunto vocal The Sputnicks, depois em um outro grupo, The Snakes, já com a presença de Erasmo Carlos, seu parceiro na maioria de sua obra. Roberto Carlos passou a se apresentar em clubes e festas tanto sozinho como no grupo, e aos poucos estava na televisão no programa "Clube do Rock", sendo anunciado ao público como o "Elvis brasileiro" ao cantar "Jailhouse rock". Roberto também cantava na boate do Hotel Plaza seguindo a linha bossa-nova de João Gilberto enquanto percorria o caminho de artista iniciante atrás de gravadora.
Sua primeira gravação foi em 1959 pela Polydor, em 1960 gravou um novo disco de 78 RPM, e com o primeiro LP a música "Louco Por Você" estourou rapidamente. Com aparições freqüentes em programas da TV, começava ali um caminho de sucesso sendo reconhecido em todo o país. Em 1963 com o lançamento do disco Splish Splash, se transforma num dos mais populares artistas jovens da época. O ano seguinte é marcado pelo lançamento de É Proibido Fumar, cheio de canções que se tornariam clássicos da música brasileira, como "O Calhambeque".
Com a explosão mundial dos Beatles, o rock estava chegando ao Brasil, manifestando-se através de um movimento que o colocaria pela primeira vez no trono de Rei: a Jovem Guarda, recordista de audiência entre os jovens e um dos maiores sucessos da TV brasileira até hoje. Em novembro de 1965 veio o LP Jovem Guarda, revolucionando a linguagem musical da época através de canções como "Quero que vá tudo pro inferno", cuja letra era ousada para época.

Tendo a companhia dos amigos e parceiros Erasmo Carlos e Wanderléa na linha de frente da Jovem Guarda, Roberto ditava a moda, inspirando roupas e adereços utilizados pelos jovens brasileiros. Em 1967 a Jovem Guarda atingia seu auge. A dupla Roberto-Erasmo, definitivamente consagrada, popularizava expressões que se tornavam referencia para os jovens. E a fama de Roberto chegava à França, apresentando-se no MIDEM, em Cannes. Seu novo disco, Roberto Carlos em Ritmo de Aventura, traria mais sucessos e proporcionaria sua estréia no cinema no ano seguinte. Impulsionado pelo disco, o filme "Roberto Carlos em Ritmo de Aventura", de Roberto Farias, estrelado pelo Rei e com participações de Wanderléa e Erasmo, bateu recordes de bilheteria.


Roberto continuava ampliando seus horizontes. Foi à Itália e voltou vencedor do Festival de San Remo, onde defendeu a música "Canzone per te", de Sérgio Endrigo e Bardotti. Foi o primeiro estrangeiro a conseguir esta façanha. O ano seguinte começa com o lançamento de um novo filme "Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa", que mais uma vez arrastou multidões aos cinemas. Musicalmente, Roberto já não estava mais em ritmo de aventura. Seu amadurecimento como compositor e intérprete começava a ficar evidente no novo álbum. Músicas como "Sua estupidez" e "As curvas da estrada de Santos" são uma prévia do Roberto romântico das próximas décadas.


O ano de 1970 foi marcado com a estréia de um supershow "Roberto Carlos a 200 km por hora", na maior casa de espetáculos do Rio de Janeiro. Lançou seu terceiro filme, "Roberto Carlos a 300 km por hora", o Rei virava ídolo também no exterior, principalmente nos países de língua latina. Recordista de vendas em todo o Brasil, recebendo Discos de Ouro a cada lançamento, em 1972, a cantora Ornella Vanoni chegou ao primeiro lugar das paradas européias com versões em italiano para suas músicas.
Em 1974 Roberto Carlos gravou o primeiro especial de Natal para a Rede Globo de Televisão. Inaugurava ali uma tradição que se repete até hoje, sempre com a participação de convidados especiais, mostrando que o Rei sempre teve muito mais que "um milhão de amigos".
Roberto foi o primeiro artista brasileiro a atingir a marca de mais de um milhão de discos vendidos a cada lançamento. A década de 70 reservaria ainda mais dois momentos importantes: sua campanha em prol do Ano Internacional da Criança, através da Rede Globo de Televisão, foi um sucesso estrondoso e a música "Amigo" serviu de tema para a visita do Papa João Paulo II ao México, cantada por um coro de crianças em transmissão ao vivo para todo o mundo.


Com suas músicas regravadas por artistas como Julio Iglesias e Ray Conniff, Roberto finalmente grava um LP totalmente em inglês. Como resultado: a CBS lhe confere o Globo de Cristal, prêmio que distingue oferecido aos artistas que atingem a marca de 5 milhões de discos vendidos fora de seu país de origem. Seus LPs foram lançados em espanhol, italiano, inglês e francês. Em Portugal e Espanha, "Cama e Mesa" chegou aos primeiros lugares das paradas.


Em 1983, com uma equipe de 110 pessoas, incluindo uma orquestra de 42 músicos, Roberto Carlos realiza o Projeto Emoções e percorre 18 cidades de 14 estados do Norte/Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. Nos anos seguintes, Roberto Carlos conferiria novos parâmetros aos padrões de execução de músicas nas rádios. "Caminhoneiro" (1984), "Verde e amarelo" (1985) e "Apocalipse" (1986) bateram recordes consecutivos, com respectivamente 3.287, 3.577, 3.608 execuções em um só dia. Para se ter uma idéia da grandiosidade destes números, as dez músicas do LP de 1983, somadas, alcançavam 5.981 execuções.
No começo de 1986, reuniu mais de 100 mil pessoas em quatro apresentações no Ginásio do Maracanã (Rio de Janeiro) e neste mesmo ano subiu ao palco do Radio City Music Hall, em Nova York, com enorme repercussão. Em 1988, coube a ele a honra de ter sido o primeiro artista nacional da CBS com um CD lançado no Brasil. A consagração definitiva no mercado latino viria com o Grammy de Melhor Intérprete de Música Pop Latina, pelo sucesso "Se o amor se vai".
Nos anos 90 Roberto Carlos consolidou o sucesso com turnês nacionais e internacionais, lançamentos em discos com recordes de venda e em 2001 Roberto Carlos deliciou seu público com a gravação de seu disco acústico MTV. Roberto Carlos recebeu em 2002 do Presidente da República do Brasil, Fernando Henrique Cardoso, a mais importante insígnia brasileira, a comenda Ordem do Mérito Cultural na classe de Grã-Cruz.

Em 2005 Roberto Carlos iniciou o Projeto Emoções em Alto Mar, um cruzeiro anual pela costa brasileira em um sofisticado transatlântico, onde o artista reúne seus admiradores, amigos e jornalistas e se apresentada em show intimista todas as noites. Este cruzeiro se tornou referencia em turismo náutico diferenciado.

Em 2009 na celebração dos seus 50 anos de carreira realizou 50 shows em todo o país para uma platéia de mais de 700 mil pessoas. Foi homenageado em dois espetáculos especiais que se transformaram em especiais de TV, CD e DVD: Elas Cantam Roberto, com 20 das mais importantes cantoras brasileiras interpretando seus sucessos, e Emoções Sertanejas, com 18 artistas/duplas expressivas da música sertaneja apresentando suas canções neste estilo musical. Estes dois espetáculos tiveram a renda beneficente. E ainda foi montada uma exposição com a trajetória de sua carreira num dos mais destacados espaços para arte na cidade de São Paulo, a OCA, no Parque do Ibirapuera. Mais de 100 mil pessoas tiveram acesso a pertences pessoais do artista (roupas, presentes, troféus, prêmios, automóveis e outros objetos pessoais) e a toda a obra musical, vídeos, retrospectiva de filmes em um formato altamente tecnológico e contemporâneo.
OS NÚMEROS

- 57 discos lançados no Brasil;
- 06 DVDs: 01 Acústico MTV/2001; Pra Sempre Ao Vivo no Estádio do Pacaembu/2004; Duetos I/2006; Live in Miami/2008; Roberto Carlos e Caetano Veloso e a Música de Tom Jobim/2008; Elas Cantam Roberto Carlos(Divas)/ 2009;
- Mais de 100 discos lançados no exterior;
- Foi líder e vocalista, na época (década de 50), de dois grupos de rock: "The Snakes" e "The Sputniks", que entre outros integrantes fazia parte o nosso grande Tim Maia;
- Maior expoente da Jovem Guarda na década de 60;
- O único cantor latino-americano a vender mais discos que os Beatles e Elvis Presley, são mais de 100 milhões de discos;
- O único artista em toda a história da música que lançou 1 LP por ano, durante 48 anos consecutivos. Na maioria destes anos gravando um 2º disco em versão espanhol e em outras oportunidades em italiano, francês e inglês;
- O único artista nacional com uma carreira de sucesso que já dura mais de 40 anos;
- O primeiro artista que, já na década de 60, alertava o mundo sobre os problemas de ecologia;
- Uma legião de milhões de fãs;
- Um cantor com centenas de discos de ouro, platina e diamante, que se fossem colocados juntos, lado a lado, seriam capazes de dar a volta no maior estádio de futebol do mundo;
- Um compositor com mais de 500 canções;

CANTORES INTERNACIONAIS QUE GRAVARAM ROBERTO CARLOS


Itália:

-Ornella Vanone - Itália (primeira cantora a gravar L´ appuntamento em 1969 (versão da musica Sentado à Beira do Caminho);
- L"Appuntamento foi tema do filme 12 homens e outro Segredo (Ocean"s 12) do diretor Steven Soderbergh, tema de abertura do filme e do casal Brad Pitt e Catherine Zeta-Jones, com um elenco de estrelas como Julia Roberts, George Clooney, Matt Damon, Andy Garcia entre outros;
- Diego Maradona cantou a música Propuesta, na vida real, ao conhecer sua esposa Claudia e esta cena entrou no filme sobre sua vida La Mano Di Dio, do diretor italiano Marco Risi, produzido na Itália e lançado mundialmente em 2006;
- Andrea Bocelli - gravou L´Appuntamento (Sentado à Beira do Caminho) no ultimo CD e DVD de 2006. Nas versões italiana e espanhola;

Espanha:

- Paloma San Basílio - Espanha - gravou em 2006 La Sonrisa de Llegada (Você Em Minha Vida) ganhadora de discos de ouro e platina, tanto na América Latina, quanto na Espanha. Atriz e cantora dos principais musicais da Espanha, como Evita, The Man Of La Mancha e My Fair Lady;
- Tamara - Espanha - Canta Roberto Carlos é o terceiro disco da jovem cantora espanhola Tamara, com sucessos do Rei cantados em castelhano. Produzido por Max Pierre, o novo trabalho traz 10 faixas, entre elas, "Desahogo" (Desabafo) e "Emociones" (Emoções), alguns dos destaques;

México:

- YAHIR - Cantor Mexicano gravou o CD No Te Apertes De Mi, produzido por Guto Graça Mello, só com músicas do Roberto. Sucesso de vendas no México e mercado Latino, foi a maior vendagem do ano;
- Marc Anthony - Cantor Mexicano regravou "Amigo" sucesso de vendagens no México e na América Latina e USA;

 
PRÊMIOS RECEBIDOS


- Festival de San Remo (1968);
- 03 Grammy"s:
01 Grammy INTERNACIONAL em 1989 como melhor cantor;
01 Grammy Latino em 2005 como melhor álbum de musica romântica (Álbum Pra Sempre AO VIVO - Gravado no Pacaembu);
01 Grammy Latino em 2006 como melhor álbum de música romântica (Álbum "Roberto Carlos" 2005);
- Lifetime Achivement Award (1991 - concedido aos artistas que por mais tempo têm permanecido no topo do sucesso);
- Latin Music Awards 2006 com a música Detalhes e No Te Apartes de Mi;
- 15 Troféus Imprensa;
- Prêmio Sharp;
- Prêmio Shell;
- Prêmio Multishow de melhor cantor (2002);
- Marcas de Confiança da Readers Digest de melhor cantor (2005 e 2006);
- Prêmio Tim de 2003 e 2006 para citar apenas alguns dos prêmios recebidos;


SERVIÇO ROBERTO CARLOS - CREDICARD HALL


Realização: DC Set Promoções e TIME FOR FUN
Local: Credicard Hall - Av. das Nações Unidas, 17.955 - Santo Amaro
Site: www.credicardhall.com.br
Telefones para informações: 4003-6464
Venda a grupos: (11) 2846-6166 / 6232
Apresentações dias 18 e 19 de novembro (quinta e sexta-feira)
Horário: quinta-feira 21h30; e sexta-feira 22h
Duração espetáculo: aproximadamente 1h45
Classificação etária: Não será permitida a entrada de menores de 12 anos.
12 e 13 anos: permitida a entrada (acompanhados dos pais ou responsáveis legais).
14 anos em diante: permitida a entrada (desacompanhados).
Capacidade: 3.820 lugares
Abertura da casa: 1h30 antes do espetáculo
Co-Patrocínio: Citibank / Itaipava Premium
Apoio: Samsung
Seguradora Oficial: Allianz
Estacionamento: terceirizado: R$ 25,00
Acesso para deficientes
Ar condicionado

PREÇOS DE INGRESSOS


Configuração "Mesas" NORMAL ½ ENTRADA
NOS CAMAROTES NO SETOR I R$300,00 R$150,00
NOS CAMAROTES NO SETOR II R$250,00 R$125,00
NAS MESAS SETOR VIP R$350,00 R$175,00
NAS MESAS DO SETOR I R$250,00 R$125,00
NAS MESAS DO SETOR II R$200,00 R$100,00
NAS POLTRONAS NO SETOR I R$125,00 R$ 62,50
NAS POLTRONAS NO SETOR II R$110,00 R$ 55,00
NA PLATÉIA SUPERIOR SETOR I R$100,00 R$ 50,00
NA PLATÉIA SUPERIOR SETOR II R$ 80,00 R$ 40,00
NA PLATÉIA SUPERIOR SETOR III R$ 80,00 R$ 40,00


Meia-entrada: obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição de beneficiário.


- Clientes dos cartões Credicard, Citibank e Diners contam com pré-venda exclusiva e poderão adquirir ingressos entre os dias 17 e 23 de setembro.
- Ingressos promocionais destinados aos clientes Credicard, Citibank e Diners que efetuarem compra, serão vendidos com 25% de desconto, todos os dias, na quantidade máxima estipulada de 10% da capacidade da casa por setor.
- Clientes dos cartões Credicard, Citibank e Diners que efetuarem compra via internet até 72 horas antes do evento, serão isentos de taxa de entrega.
- Clientes do cartão de crédito MasterCard podem optar pela tecnologia MasterCard ShowPass, no qual o cartão vira ingresso. Mais informações no site: www.mastercardshowpass.com.br



BILHETERIA OFICIAL - SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA


Credicard Hall - diariamente, das 12h às 20h - Av. das Nações Unidas, 17.955 - Santo Amaro.
CAIS DE VENDA - COM TAXA DE CONVENIÊNCIA

Pontos de venda no link:
premier.ticketsforfun.com.br/content/outlets/agency.aspx
Central Tickets For Fun: por telefone, entrega em domicílio (taxas de conveniência e de entrega) - 4003-5588 (válido para todo o país), das 9h às 21h - segunda a sábado.
Pela Internet: www.ticketsforfun.com.br (entrega em domicílio - taxas de conveniência e de entrega)

Formas de Pagamento:
Dinheiro, cartões de crédito American Express, Visa, MasterCard, Diners e Cartões de Débito Visa Electron e Rede Shop.

CAMISA DOS 70 ANOS DO REI

A camisa dos 70 anos do Rei


Criação de Reginaldo Crescencio de RC pra RC.

Quem tiver interesse, fazer pedido pelo e-mail rcdetalhes@yahoo.com.br.

MOMENTOS DO REI